Granada | Que Ver e Fazer | Visitar Granada

GRANADA

Granada tierra soñada por mí,
mi cantar se vuelve gitano
cuando es para ti.

Mi cantar, hecho de fantasía,
mi cantar, flor de melancolía,
que yo te vengo a dar.

Granada, tierra ensangrentada
en tardes de toros,
mujer que conserva el embrujo
de los ojos moros.

Te sueño rebelde y gitana,
cubierta de flores
y beso tu boca de grana,
jugosa manzana
que me habla de amores.

Granada, manola cantada
en coplas preciosas,
no tengo otra cosa que darte
que un ramo de rosas.

De rosas, de suave fragancia
que le dieran marco a la virgen morena.

Granada, tu tierra está llena
de lindas mujeres,

de sangre y de sol.

A célebre canção escrita em 1932 pelo compositor e intérprete mexicano Agustín Lara, que se reproduz no original, interpretada em diferentes versões pelos maiores cantores de todo o mundo, tornou-se como que um hino identitário de GRANADA, a cidade espanhola com marcado perfume árabe, aos pés da Serra Nevada, entre os rios Darro e Genil, na região da Andaluzia.

A que viria a ser a última cidade reconquistada aos mouros pelos Reis Católicos, em 1492, é uma urbe moderna com um glorioso passado histórico, onde se combinam de modo harmonioso, a extraordinária herança andaluza e a fantástica arquitetura renascentista.

Granada_Alhambra

O antigo bairro Albaicín, conjuntamente com a Alhambra e o Generalife, bem como o flamenco, com forte tradição granadina, são Património da Humanidade.

GRANADA: Tópicos neste artigo

  • GRANADA: Localização
  • GRANADA: Que Ver
    • ALHAMBRA
    • PALÁCIO CARLOS V
    • MUSEU ALHAMBRA
    • GENERALIFE
    • ALBACÍN
    • SACROMONTE
    • ALCAICERIA
    • MUSEU SAN JUAN DE DIOS
    • CATEDRAL DE GRANADA
  • GRANADA: Que Fazer
    • BANHOS ÁRABES
    • FLAMENCO
    • RUTA DARRO
    • MÁLAGA
    • ALMERIA

GRANADA: Localização


Informações Úteis:


Como Chegar: O acesso ao centro da cidade está vedado aos veículos privados, pelo que é recomendado entrar em GRANADA pela via Ronda Sur até à praça Isabel Católica, onde há linhas urbanas que fazem o trajeto em cerca de 15 minutos.
A pé, desde o Passeio dos Tristes ou da praça do Realejo, são cerca de 20 minutos.
♦  Distâncias: GRANADA dista cerca de: 645 km e 8h00m de Lisboa; 450 km e 5h15 de Faro (Algarve); 254 km e 3h00 de Sevilha; 125 km e 1h30m de Málaga.

OUTRAS SUGESTÕES:
>> CABO DE GATA | Parque Natural
>> RUTA PUEBLOS BLANCOS: Andaluzia
>> RUTA DEL CARES: Picos da Europa
>> ASTÚRIAS | Roteiro de Viagem
>> PICOS DA EUROPA | Roteiro
>> PIRENÉUS | Ordesa e Monte Perdido
>> CANTÁBRIA: Santillana del Mar
>> PAÍS BASCO | Roteiro de Viagem
>> CATALUNHA: Barcelona | Lleida
>> OVIEDO | Roteiro Viagem
>> GIJON | Roteiro de Viagem

GRANADA: Que Ver

GRANADA foi durante séculos um importante centro cultural, uma agenda que se renova associada ao turismo e ao lazer, e que encontramos na multiplicidade de eventos, na gastronomia, no artesanato e nas dinâmicas de inovação e requalificação urbana, com carmenes (casas típicas com muro alto e jardim), fontes, miradouros, casas e ruas floridas.

Granada_Espanha
Granada_bairros
Granada_fonte
Fachadas_Granada
GRANADA. Fachada barroca do Palácio de la Madraza

1. ALHAMBRA

La_Alhambra
La_Alhambra_noite

A Alhambra, ao tempo o maior centro político e aristocrático do ocidente muçulmano, é um conjunto impressionante de edifícios, jardins, alamedas de árvores frondosas, fontes e riachos que criam um ambiente acolhedor, fresco e agradável.

O recinto do palácio é composto por pátios retangulares com várias fontes e pelas residências da família real e serventuários. O Pátio dos Leões e respetiva fonte é um dos mais belos do conjunto.
Destaque para a construção mais antiga, a Alcáçova, e para a Torre da Vela, de onde se tem uma das melhores vistas da Alhambra e dos bairros em redor.

Calcada_Alhambra
Granada_Alhambra
Lago_Alhambra
Mesquita_Alhambra

2. PALÁCIO CARLOS V

Palacio_Carlos_V
GRANADA. Claustro do Palácio Carlos V

Situado na colina de Alhambra, o palácio de Carlos V é uma construção renascentista que incorpora elementos maneiristas. O amplo claustro de colunas jónicas apresenta planta circular.
Alberga o espólio do Museu da Alhambra.

3. MUSEU DA ALHAMBRA

Decoracao_Alhambra
Museu_Alhambra
Jugo_Alhambra
Azulejos_Alhambra

O museu de Alhambra, é um espaço dedicado à cultura e arte da civilização hispano-muçulmana e da arte califal e nazarí, ou granadina.
Possui um acervo onde se destacam os objetos e utensílios dos primórdios da presença muçulmana na Península Ibérica, elementos decorativos e revestimentos em gesso e em madeira, e utensílios domésticos.

4. GENERALIFE

Generalife_Alhambra
GRANADA. El Generalife. Patio de la Acequia

O palácio do Generalife, situado numa zona de grande beleza nas proximidades da Alhambra, era a residência de campo do sultão. É composto por dois corpos nos extremos de um grande pátio com piscina no centro. Na encosta Cerro del Sol uma zona de recreio para a nobreza.
O pomar para abastecimento dos palácios, era mantido por canais de rega desviados do rio Darro.

A entrada no recinto do Generalife faz-se pelo Pátio de la Acequia, a que os jardins e jatos de água emprestam grande beleza e colorido.

5. ALBAICÍN

Albacin_Granada
Granada_casco_historico

Juntamente com Alhambra, Realejo e o Arrabal de Bib-Rambla, o bairro histórico de Albaicín constitui um dos núcleos antigos da cidade de GRANADA. Situa-se numa colina na vizinhança da colina de Alhambra, acima dos 700 metros de altitude.

El Bañuelo, banhos árabes originais do séc. XI, um dos mais antigos e melhor conservados de Espanha, é uma das jóias do bairro de Albaicín. Uma visita sem direito a banho, com viagem garantida no tempo.

Albaicín está inscrito no Património Mundial UNESCO desde 1984.

6. SACROMONTE

Sacromonte_Granada

Sacromonte situa-se na margem do rio Darro oposta à colina de Alhambra. É um dos bairros mais pitorescos de GRANADA, pela sua paisagem característica e pelas habitações escavadas em grutas caiadas.
Conhecido como o bairro tradicional dos ciganos granadinos e das célebres zambras (danças tradicionais de flamenco de origem cigana), um dos mais emblemáticos postais turísticos da cidade.

O poeta Federico García Lorca retratou os ciganos de Sacromonte no sua conhecida obra Romancero Gitano.

7. ALCAICERIA

Alcaiceria_Granada

A Alcaiceria, em pleno centro histórico de GRANADA, é um antigo bazar e mercado de seda destruído por um incêndio em meados do séc. XIX.
Reconstruído em estilo neomourisco, apresenta uma escala bastante inferior ao mercado original.

8. MUSEU SAN JUAN DE DIOS

Museu_San_Juan_Dios

O museu de San Juan de Dios, está sediado num palacete do séc. XVI, a Casa dos Pisa, uma família cuja notoriedade se ficou a dever ao facto de ter acolhido o santo no seu palácio até à sua morte.
Do conjunto museológico destacam-se: a iconografia de San Juan de Dios; o património artístico da Ordem Hospitaleira de San Juan; pinturas flamengas; coleção de Meninos Jesus; e obras de autores vários.

9. CATEDRAL DE GRANADA

Granada_catedral

A Catedral de GRANADA é uma igreja renascentista com a fachada principal barroca, cúpula e capela maior com vitrais, esculturas e pinturas de grande beleza. As três portas estão decoradas com excelentes relevos.
Exibe exposições do tesouro da catedral na antiga sala do capítulo, e outras na sacristia e no museu.

No interior da Catedral, a Capela Real de estilo gótico, cuja construção se iniciou em 1506, guarda os sepulcros dos Reis Católicos.


GRANADA: Que Fazer

Depois de percorrer a cidade, os jardins e os palácios da Alhambra, um mergulho nas águas relaxantes de um banho árabe seguido de uma massagem Kessa (sobre uma cama de pedra quente), pode definitivamente ser uma experiência inesquecível. A que pode seguir-se um espetáculo de flamenco.

1. BANHOS ÁRABES

Alhambra_banhos

Os banhos árabes são naturalmente comuns numa cidade e numa região fortemente marcada pela cultura andaluza e pela tradição milenar dos banhos a vapor.
Os vestígios da sua relevância milenar podem ser encontrados na Alhambra como nos bairros circundantes.

2. FLAMENCO

Praca_Catedral
GRANADA. Praça da Catedral. Exibição de flamenco

O Flamenco é Património Cultural Imaterial UNESCO, uma expressão artística de grande tradição e uma arte das mais populares de Espanha que combina canto, dança e acompanhamento musical.
Com origem principal na Andaluzia, desconhece-se ao certo quando nasceu, mas continua bem vivo nas suas expressões mais tradicional ou naquelas em que se mesclam diferentes estilos.

Ao deambular pelas ruas de GRANADA não é invulgar sermos surpreendidos por anónimos artistas de flamenco.

3. RUTA DARRO

Ruta_Darro_Granada

GRANADA tem um conjunto de Itinerários Saudáveis, percursos pedestres de pequena rota estrategicamente traçados para melhor usufruir e conhecer a cidade.
A rota ao longo de um trecho do rio Darro, com menos de 2 km, é um exemplo deste tipo de percursos.

4. MÁLAGA

Mercado_Malaga

5. ALMERIA

Almeria_alameda

GRANADA, situa-se sensivelmente a meio das cidades costeiras de Málaga (127 km a sudoeste) e Almeria (169 km a sudeste).

São duas agradáveis cidades costeiras, banhadas pelas águas amenas do Mediterrâneo, na costa sul de Espanha, que vale a pena conhecer e que detalharemos em próximos posts.

Boas férias. Boas viagens.

⇑ Topo

OUTRAS SUGESTÕES:
>> Portimão: Algarve | Que ver e Fazer
>> Sete Vales Suspensos: Lagoa | Algarve
>> Caminho dos Promontórios: Lagoa | Algarve
>> Sítio das Fontes: Estômbar | Lagoa – Algarve
>> Serra do Caldeirão | Entre Alentejo e Algarve

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: