Vale do Guadiana | Parque Natural | Guadiana

O PARQUE NATURAL DO VALE DO GUADIANA – PNVG, é uma Área Protegida situada no vale médio do rio Guadiana, região sudeste de Portugal continental, Baixo Alentejo, distrito de Beja, abrangendo parte dos concelhos de Serpa e Mértola, entre o Pulo do Lobo e a Ribeira do Vascão.

Guadiana_panoramica
VALE DO GUADIANA. Vista a partir do miradouro em Mértola

Planícies ondulantes, vales encaixados entre escarpas e matagais, elevações quartzíticas das serras de Alcaria e S. Barão, caracterizam a paisagem do PARQUE NATURAL DO VALE DO GUADIANA que, a par de uma grande beleza natural, possui apreciável riqueza e diversidade geomorfológica, faunística, florística, além de um evidente interesse arqueológico, histórico e cultural.

VISITAR OUTROS PARQUES :
>> Nos AÇORES
>> Na MADEIRA
>> SW Alentejano e Costa Vicentina
>> Peneda-Gerês | Parque Nacional
>> DOURO INTERNACIONAL | Parque Natural
>> MONTESINHO | Parque Natural
>> ESTRELA GEOPARK | Serra da Estrela
>> AROUCA GEOPARK | Visitar Arouca

VALE DO GUADIANA: Roteiro

VALE DO GUADIANA: Como Chegar

Guadiana_Parque_Natural

A MÉRTOLA:
♦  a partir de Beja: pelo IP2 e depois pela EN122;
♦ a partir de Castro Verde: pela EN123 e, após Alcaria Ruiva, pela EN122/IC27;
♦  a partir de Vila Real de Santo António: pela EN122/IC27;
♦  a partir de Serpa: pela EN265.

♦  Coordenadas GPS – 37° 41′ 54″ N / 7° 38′ 51″ W.


VALE DO GUADIANA: Que Ver

1. RIO GUADIANA

Guadiana_Rio
Rio_Guadiana

É ao longo das margens do rio Guadiana e dos seus afluentes que se desenvolve a região protegida do VALE DO GUADIANA, com a sua extraordinária beleza paisagística e a sua diversidade de fauna e flora.

O Guadiana é um rio vivo, pela vizinhança de povoações fronteiriças e pelas inúmeras embarcações que cruzam o leito navegável do rio desde a foz em Vila Real de Santo António, onde desagua no Oceano Atlântico, até Mértola, numa extensão de 68 km.

Um rio convidativo para a prática de desportos náuticos, ou tão só para um bucólico passeio de canoa.

2. PULO DO LOBO

Panoramica-Pulo-obo
Pulo_Lobo_queda_agua
Pulo_Lobo_Guadiana

O Pulo do Lobo, na pena inspirada de José Saramago, em Viagem a Portugal, é o lugar onde o “rio ferve entre paredes duríssimas, rugem as águas, espadanam, batem, refluem e vão roendo, um milímetro por século, por milénio, um nada na eternidade”.

A maior cascata do Guadiana, uma das principais atrações do PARQUE NATURAL DO VALE DO GUADIANA, entre Serpa e Mértola, parece dever o seu nome a uma lenda segundo a qual um lobo nas vicissitudes da caça transpôs de um salto as estreitas margens rochosas do rio.

3. RIBEIRA DO VASCÃO

A Ribeira do Vascão, um dos principais afluentes do rio Guadiana, divide os municípios de Mértola e Alcoutim e define a fronteira entre o Alentejo e o Algarve.
Marca o limite sul do PARQUE NATURAL DO VALE DO GUADIANA.

4. SERPA

Serpa_castelo
Porta_cidade_Serpa

Serpa é um município na fronteira norte de Mértola, contribuindo ambos com partes do seu território para a área protegida do PARQUE NATURAL DO VALE DO GUADIANA.
Define-se como um Museu Aberto… à curiosidade e à visita de todos.

5. MÉRTOLA

Panoramica_Mertola
Mertola_castelo
Igreja_Matriz_Mertola

Situada entre Serpa e Alcoutim, Mértola é uma vila com um excecional património histórico e arqueológico constituindo uma das jóias do PARQUE NATURAL DO VALE DO GUADIANA.

O Pulo do Lobo, a Mina de São Domingos, o porto fluvio-marítimo do Pomarão, a área do Parque Natural, a ocupação islâmica, as descobertas arqueológicas, os museus, são alguns dos destaques desta vila candidata a Património Mundial UNESCO.

6. MINA DE SÃO DOMINGOS

PNPG_Mina_Sao_Domingos
Mina_Sao_Domingos_igreja

A Mina de São Domingos e a aldeia homónima – a primeira do país a ter luz elétrica – corresponde a um antigo couto mineiro integrante da Faixa Piritosa Ibérica.
A moderna exploração da mina funcionou de 1858 até 1965, com ligação por via férrea ao porto do Pomarão, numa extensão de 15 km.


VALE DO GUADIANA: Que Fazer

1. PERCURSOS PEDESTRES: Vale do Guadiana

PR1 – GUADIANA, O GRANDE RIO DO SUL

Carcterísticas: Grau de Dificuldade: fácil; Sinalizado
Extensão: +/-6,5 Km (ida e volta)
Duração: +/-2h (ida e volta)
Partida/Chegada: Herdade da Bombeira, Mértola
Pontos de interesse: Rio Guadiana, Panorâmica de Mértola, “Casa do Alcário” (antiga casa do guarda florestal), açude natural do Vau da Pedra, ruínas do antigo posto da guarda-fiscal.

PR2 – OS CANAIS DO GUADIANA

Carcterísticas: Grau de Dificuldade: fácil; Sinalizado.
Extensão: +/-3,5 Km (ida e volta)
Duração: +/-1h15m (ida e volta)
Partida/Chegada: Moinho dos Canais, Corte Pequena
Pontos de interesse: Aldeia de Corte Pequena, Rocha da Galé (afloramento rochoso no leito do rio), ruínas do Moinho dos Canais.

PR3 – AS MARGENS DO GUADIANA

Carcterísticas: Grau de Dificuldade: médio; Sinalizado.
Extensão: +/-10 Km (ida e volta)
Duração: +/-3h30m (ida e volta)
Partida/Chegada: Corte do Gafo de Baixo
Pontos de interesse: Vale do rio Guadiana.

PR4 – À VOLTA DO MONTADO

Carcterísticas: Circular; Grau de Dificuldade: fácil; Sinalizado.
Extensão: +/-14 Km
Duração: +/-4h30m
Partida/Chegada: Monte do Guizo
Pontos de interesse: Vale Travesso, Albufeira da Tapada Grande

PR5 – AO RITMO DAS ÁGUAS DO VASCÃO

Carcterísticas: Grau de Dificuldade: fácil; Sinalizado.
Extensão: +/-4,5 Km (ida e volta)
Duração: +/-1h30m (ida e volta)
Partida/Chegada: Aldeia da Mesquita (junto ao fontanário)
Pontos de interesse: Igreja de N. S. das Neves (aldeia da Mesquita), ruínas do Moinho Novo e Moinho do Melão, Ribeira do Vascão.

PR6 – ENTRE A ESTEPE E O MONTADO

Carcterísticas: Circular; Grau de Dificuldade: fácil; Sinalizado.
Extensão: +/-11 Km
Duração: +/-3h
Partida/Chegada: Aldeia do Azinhal
Pontos de interesse: Aldeia do Azinhal, Aldeia Corte Pequena.

PR7 – SUBIDA À SENHORA DO AMPARO

Carcterísticas: Grau de Dificuldade: médio; Sinalizado.
Extensão: +/-3 Km (ida e volta)
Duração: +/-1h
Partida/Chegada: Serra da Senhora do Amparo (base da serra)
Pontos de interesse: Capela da Sra. do Amparo (miradouro a 264 mts de altitude).

PR8 – UM PERCURSO RIBEIRINHO

Carcterísticas: Grau de Dificuldade: fácil; Sinalizado.
Extensão: +/-2 Km (ida e volta)
Duração: +/-30m
Partida/Chegada: Moinho das Relíquias/Moinho do Alferes/Moinho das Relíquias
Pontos de interesse: Moinho das Relíquias, Ribeira do Vascão, Moinho do Alferes.

PR9 – ENTRE O ESCALDA E O PULO DO LOBO

Carcterísticas: Circular; Grau de Dificuldade: difícil; Sinalizado.
Extensão: +/-5,5 km
Duração: +/-3h
Partida/Chegada: Anta das Pias (estrada do Pulo do Lobo)/Pulo do Lobo/Anta das Pias
Pontos de interesse: Anta das Pias; antiga casa do moleiro do “Moinho da Escalda”.

PR10 – ROTA DO MINÉRIO

Carcterísticas: Circular; Grau de Dificuldade: médio; Sinalizado.
Extensão: +/-15,5 km
Duração: +/-4h
Partida/Chegada: Anta das Pias (estrada do Pulo do Lobo)/Pulo do Lobo/Anta das Pias
Pontos de interesse: Ruínas complexo mineiro de São Domingos, antiga via férrea, Estação da Moitinha, fábricas de enxofre de Achada do Gamo, aldeia de Santana de Cambas.

PR11 – CIRCUITO URBANO DA MINA DE SÃO DOMINGOS

Carcterísticas: Circular; Grau de Dificuldade: fácil; Sinalizado.
Extensão: +/-4,5 km
Duração: +/-1h30m
Partida/Chegada: Localidade da Mina de São Domingos
Pontos de interesse: Ruínas do antigo complexo mineiro.

2. TRAIL RUNNING – Trilho de Mértola

Carcterísticas: Circular; Grau de Dificuldade: médio; Sinalizado.
Extensão: +/-14 km
Duração: +/-2h
Partida/Chegada: Vila de Mértola
Pontos de interesse: Escarpas rochosas do Rio Guadiana e da ribeira de Oeiras, centro histórico e património da vila de Mértola, vias romanas.

3. ALCOUTIM

Alcoutim_panoramica

Alcoutim e Sanlúcar de Guadiana estão frente a frente, separados pela fronteira natural que é o rio Guadiana.
Dir-se-iam irmãs gémeas com diferentes nacionalidades, tantas são as parecenças entre si.
Uma pequena embarcação, que apenas transporta pessoas, faz a ligação entre ambas, o que, considerando a proximidade com Mértola, vale bem uma visita.

4. SANLÚCAR DE GUADIANA

Sanlucar_de_Guadiana

5. LINCE-IBÉRICO

Considerado o felino mais ameaçado do mundo, o lince-ibérico está a ser reintroduzido no PARQUE NATURAL DO VALE DO GUADIANA, desde 2015.

Com uma população que hoje surge em notório crescimento, a visita ao Parque é também a oportunidade de eventualmente conhecer esta extraordinária espécie da fauna local.

Vale_Guadiana_pavão
Avifauna_Gua

Não sendo possível observar os linces, e muitas vezes não é, não faltam espécies alternativas igualmente fascinantes.

Boas descobertas. Bom passeio!

OUTRAS SUGESTÕES:
>> Porto | Roteiro de viagem | Visitar Porto
>> Douro Internacional | Parque Natural | Douro
>> Douro Vinhateiro | Roteiro + Dicas | Visitar Douro
>> Ecovia do Vez | Socalcos e Passadiços | Sistelo
>> Passadiços do Paiva | Arouca Geopark

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: