Gullfoss | A Catarata Dourada | Visitar Gullfoss

GULLFOSS, Catarata Dourada, é uma das mais populares quedas de água da Islândia, no sudoeste da ilha, a pouco mais de 100 km a leste da capital Reiquiavique, a 70 km do Parque Nacional Thingvellir e a 10 km da área geotermal de Geysir, as três principais atrações do Golden Circle, Circuito Dourado, um dos mais procurados roteiros turísticos do país.

O diário de viagem de dois dinamarqueses que acompanharam a visita a GULLFOSS do rei Frederico VIII, da Dinamarca, em 1907, refere que “nenhuma catarata na Europa se assemelha a Gullfoss. Ela é mais selvagem e feroz que as cataratas de Niagara, nos Estados Unidos“. Nesta altura, a Islândia estava ainda sob domínio dinamarquês.

Gullfoss-pano

GULLFOSS: Uma História de Amor

Malgrado a ferocidade e a aparência selvagem, GULLFOSS guarda, desde o séc. XVII, uma história de amor que se crê por estas bandas, ser verdadeira:

Conta-se que o filho de um fazendeiro da região, guardava ovelhas nos prados de verão, numa das margens das águas brancas e douradas da catarata. Na outra margem, uma jovem pastora, vigiava as ovelhas de uma outra fazenda. A dado passo, cruzaram os olhares de margem a margem, e assim ficaram como que hipnotizados com o rio de permeio, até que a jovem pediu ao rapaz que atravessasse o rio para ir ter com ela. Ora, hoje como então, seria impossível atravessar o rio e a catarata, mesmo a cavalo. Indiferente ao perigo, o jovem lançou-se às águas, venceu a corrente e logrou com esforço e bravura alcançar o outro lado! A partir daqui, sabe-se muito pouco sobre como foi o encontro de ambos, apenas que se casaram e tiveram uma respeitável descendência…

Verdade ou lenda, uma história de amor a dourar o imaginário de uma bela catarata, ainda assim a léguas da paixão arrebatadora vivida por uma princesa de olhos verdes e um pastor de olhos azuis, nas margens da Lagoa das Sete Cidades!


Informações Úteis:

♦ COMO CHEGAR – (1) A partir de Reiquiavique, tomando a Rodovia 1 e, depois, as vias 36, 37 e 35; ou, prosseguindo, para sul, na Rodovia 1, até ao desvio para a via 35.
♦ COORDENADAS GPS: 64º 19′ N  20º 07′ O.
♦ DISTÂNCIA A PÉ (do estacionamento à catarata) – 500-750 mts.
♦ CUIDADOS A OBSERVAR – As zonas próximas da catarata, são muito húmidas, devido à grande quantidade de neblina libertada na queda de água, pelo que os acessos estão em geral escorregadios, por vezes com neve, a exigir cuidados acrescidos.

Outros Destinos na ISLÂNDIA: 
==> REIQUIAVIQUE: Que Ver e Fazer 
==> VIDEY: Que Ver e Fazer 
==> SIGLUFJÖRDUR: Que Ver e Fazer 
==> AKUREYRI: Que Ver e Fazer 
==> HUSAVIK: Que ver e fazer 
==> ÁSBYRGI: A pegada do cavalo de Odin 
==> DETTIFOSS:”A Fera” das Cataratas 
==> GODAFOSS: Catarata dos Deuses 
==> MÝVATN: Lago | Auroras e Banhos 
==> HVERIR: Fontes Termais e Fumarolas
==> KRAFLA: Caldeira vulcânica | Visitar Krafla
==> DIAMOND CIRCLE: Rota Turística | Norte da Islândia 
==> CAMINHO COSTA DO ÁRTICO: Que Ver e Fazer
==> JÖKULSÁRLÓN: Lago Glacial
==> VATNAJÖKULL: Parque e Glaciar
==> KATLA: Geoparque Global
==> THINGVELLIR: Parque Nacional
==> GEYSIR: Área Geotérmica

GULLFOSS: Mapa

GULLFOSS: Roteiro


GULLFOSS: Que Ver

Em rigor, podemos falar não de uma mas de duas cataratas, já que GULLFOSS apresenta dois desníveis: a queda superior, com uma altura de 11 metros, e a inferior, com 20 metros de altura, perfazendo uma queda total de 31 metros de altura, num frente de 70 metros a debitar, em média, mais de 100 m3 de água por segundo.

O desnível, em degraus, deve-se à característica morfologia do solo e à diferente dureza dos materiais que o compõem, como é o caso da lava basáltica.

Vista-GullfossAcesso-GullfossQueda2-GullfossDesfiladeiro-Gullfoss

Claro que as imagens, por mais eloquentes, não se substituem à lente fina e aos registos impressivos do nosso olhar. Ainda assim, carregados de dúvidas, sobre se GULFOSS é mais poderosa, mais feroz, mais dourada, mais divina que as americanas Cataratas de Niagara, ou as manas islandesas Dettifoss e Godafoss.

A única certeza é a de que é igualmente bela.


GULLFOSS: Que Fazer

1.  TRILHO PEDESTRE

Queda1-Gullfoss

Desde o final do séc. XIX que existe um trilho pedestre que permite descer até junto das quedas de água de GULLFOSS.
Um trilho demarcado, que permitia então, e permite ainda hoje, desfrutar bem de perto, do poder e grandiosidade da catarata.

2.  GOLDEN CIRCLE

Como vimos, GULLFOSS, conjuntamente com o Parque Nacional Thingvellir, e a área geotérmica de Geysir, compõem o trio de atrações principais de Golden Circle, uma das rotas turísticas mais populares da Islândia.

Por isso, e pela proximidade entre elas, vale a pena uma visita com tempo, quer ao Parque Nacional, quer ao vale Haukadalur, da nascente Geysir.


GULLFOSS em Vídeo

⇑ Topo

Outros Destinos Insulares: 
==> AÇORES: Roteiro de Viagem | Visitar Açores 
==> MADEIRA: Roteiro de Viagem |Visitar Madeira 
==> MALTA: Roteiro de Viagem | Visitar Malta 
==> LONDRES: Roteiro de Viagem | Visitar Londres 
==> ESCÓCIA: Roteiro de Viagem | Visitar Escócia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: