Faxaflói: Reykjavik |Viagem pela Baía |Reiquiavique

REIQUIAVIQUE é a capital mais setentrional do mundo, localizada na baía de Faxa (Faxaflói), na costa sudoeste da Islândia.
O nome da cidade traduz o significado de baía fumegante resultante das inúmeras nascentes de água quente (usada para aquecimento da cidade) que libertam vapor para a atmosfera.

A lenda sugere que REIQUIAVIQUE terá sido fundada por um viking no séc. IX, tendo permanecido uma pequena povoação vivendo da atividade pesqueira. Hoje, a cidade regista pouco mais de 120 mil habitantes e conserva um importante porto de pesca.

Reikjavik-FaxafloiFaxafloi-Reykjavik

Informação Prática:
Como Chegar – O aeroporto de Keflavik situa-se a menos de 50 km e a cerca de 45 minutos do centro de REIQUIAVIQUE.
Transportes – A rede pública de autocarros Straeto (S), cobre toda a cidade e várias ligações suburbanas. Nestas o pagamento pode fazer-se com cartão de crédito ou bilhetes pré-comprados (em terminais de bus e lojas), dentro da cidade, viaja-se apenas com bilhetes pré-comprados.
Quando Visitar – Os meses entre junho e setembro, são os mais amenos do ano, e os de novembro a abril, os mais rigorosos, no que respeita a temperatura, precipitação e ventos.
Clima – De junho a setembro as temperaturas médias oscilam entre 12º/14ºC (máximas) e 9º/7ºC (mínimas); e, de novembro a abril, entre 4ºC e -2ºC., com ocorrência de neve. Devido à influência das correntes quentes do Golfo, o clima não é tão frio quanto poderia fazer supôr a latitude.
Auroras Boreais – Para optimizar as probabilidades de sucesso na observação das auroras boreias, este site – https://en.vedur.is/weather/forecasts/aurora/, disponibiliza informação sobre as previsões do estado do tempo.

Estas e outras informações constam do Roteiro pela cidade que publicamos

Neste post: ==> REIQUIAVIQUE: Roteiro pela cidade

Mais sobre a ISLÂNDIA:
==> VIDEY: Roteiro pela Ilha
==> AKUREYRI: Norte da Islândia | Que Ver e Fazer

FAXAFLÓI: Reiquiavique – Roteiro


FAXAFLÓI: Reiquiavique – O Que Ver

REIQUIAVIQUE está rodeada pelo oceano Atlântico e por vias pedonais e ciclovias que se estendem pela costa em redor da península.
O nosso roteiro, ao longo de mais ou menos 10 km (cerca de 2 horas de caminhada), vai do extremo noroeste, Grötta, até ao terminal de ferry, em frente à ilha Videy.

1. GRÖTTA

Grotta-Reykjavik

Grötta é uma reserva natural onde está instalado um pequeno farol, no local mais a noroeste de REIQUIAVIQUE.
A menos de 5 km do centro da cidade, é o lugar ideal para passear, desfrutar do ar livre, da ondulação do mar ou da companhia das inúmeras aves no seu habitat.

Por estar à beira-mar e fora do centro da cidade e da poluição luminosa, é também um dos locais ideais para observação das auroras boreais.

Aurora-IslandiaNorthern-lights

À noite, sobretudo durante o inverno e especialmente em noites claras e nítidas, a zona é invadida por locais e forasteiros na expectativa de captarem a dança colorida das iluminações de outro mundo no céu noturno.

2.  PORTO VELHO DE REYKJAVIK

O Porto Velho de REIQUIAVIQUE situa-se por trás da Harpa, a moderna Sala de Concertos e Centro de Conferências da cidade.

É um espaço revigorado, com hotéis, bares e muita animação noturna, além de espaços museológicos como o Museu Marítimo, o Museu de Arte ou o Saga Museum, junto ao Aurora Reykjavik, um centro de informações e exposições onde são exibidas e podem ser observadas imagens de auroras boreais.

No Grófarhús, o edifício ao lado do Museu de Arte, estão instalados a Biblioteca e Arquivo de REIQUIAVIQUE e o Museu de Fotografia.

3.  HARPA

Reykjavik-Harpa

Qualquer que seja o roteiro que façamos pela cidade, não há como evitá-las: (1) a Igreja Hallgrímur, porque na sua posição altaneira a vemos de praticamente qualquer ponto da cidade; (2) a Sala de Concertos e Centro de Conferências Harpa (na foto), porque é uma maravilha arquitetónica e se transformou numa estrutura icónica de REIQUIAVIQUE.

Falamos de ambas com detalhe em ==> REIQUIAVIQUE: Roteiro pela cidade.

4.  SUN VOYAGER

Reykjavik-marginal

Ao longo da marginal de REIQUIAVIQUE, quase em frente à Casa da Cultura, entre a Harpa e a Höfdi House, uma escultura em aço maciço com 2,6 toneladas de peso e 17 metros de comprimento, de Jón Gunnar Árnason, um mecânico que haveria de tornar-se um dos maiores escultores da Islândia.
Sólfar-Sun Voyager, representa o barco dos sonhos e uma ode ao sol, ainda que pareça evocar uma embarcação viking.

Sun-Voyager-Reykjavik

Sun-Voyager-Reykjavik

É um local de eleição pelo seu enquadramento paisagístico, avançando um pouco sobre o mar e a baía com vista privilegiada sobre o Monte Esja, mesmo em frente.

Uma ode ao sol, do meio-dia ou da meia-noite, uma barca de sonhos num lugar romântico, muito fotografado.

5.  PARTNERSHIP

Partnership-Reykjavik

Reykjavik-Partnership
REIQUIAVIQUE. Escultura Partnership. À esquerda, ao fundo, Höfdi House

Adiante, a escassas centenas de metros de Hofdi House, a escultura Partnership, oferta da administração americana à Islândia, comemorativa dos 50 anos de relações diplomáticas entre ambos os países.

6.  THE GUARD

Reykjavik-The-Guard

Escultura “The Guard”, de Jóhann Eyfell, artista islandês de renome internacional recentemente falecido (03 de Dezembro de 2019), aos 96 anos, no Texas, EUA.

7.  FAROL DE HÖFDI

Farol-Hofdi

Em frente à Casa Höfdi e ao centro financeiro e de negócios da cidade, o farol de Höfdi, sobranceiro à baía, é também um local com vistas fantásticas sobre o Atlântico, os picos e montanhas em redor.

8.  LAUGARNES

Laugarnes situa-se a leste, no extremo oposto a Grötta, a 3 km do centro de REIQUIAVIQUE, próximo da costa da Ilha Videy.

Olafsson-Museum
REIQUIAVIQUE. Laugarnes. Ao fundo, o museu Sigurjón Ólafsson, inicialmente privado, que integra a Galeria Nacional da Islãndia

Reykjavik-Laugarnes

Foi local de residência do bispo da Islândia, de um hospital de leprosos e campo militar na Segunda Guerra Militar.
Mais recentemente Laugarnes foi palco de filmagens em The Raven Flies, conservando parte dos adereços esotéricos.


REIQUIAVIQUE: Que Fazer

1.  VISITA AO CENTRO DA CIDADE

Neste post,

==> REIQUIVAVIQUE: Roteiro pela cidade

deixamos informações práticas, fotos e o que de mais importante há para ver e fazer na capital da Islândia.

2.  ILHA VIDEY

Ilha-Videy

Em Laugarnes, há ligação de barco com a ilha Videy. No regresso é possível desembarcar neste ou no terminal do Porto Velho de REIQUIAVIQUE, no centro da cidade.

No meio do mar, entre a cidade e o Monte Esja, a ilha Videy, é um lugar paradisíaco para estar em perfeita harmonia com a Natureza, num cenário desconcertante onde até é possível surpreender focas curiosas.

⇑ Topo

Sobre a ISLÂNDIA:
==> REIQUIAVIQUE: Roteiro pela cidade
==> VIDEY: Roteiro pela Ilha
==> AKUREYRI: Norte da Islândia | Que Ver e Fazer
Outros Destinos:
==> AÇORES: Roteiro de Viagem
==> LONDRES: Roteiro de Viagem
==> ESCÓCIA: Roteiro de Viagem

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: