Picos da Europa | Roteiro | Visitar Picos da Europa

Os PICOS DA EUROPA são uma formação montanhosa calcária que se estende por três regiões autónomas no norte de Espanha: Astúrias, Cantábria e Castela e Leão. São parte da Cordilheira Cantábrica – o conjunto de montanhas que corre ao longo do Mar Cantábrico, numa extensão de quase 500 km.

Informações Úteis:
Acesso: O acesso ao Parque Nacional dos PICOS DA EUROPA em viatura própria é livre ao longo de todo o ano, podendo existir restrições nas épocas mais movimentadas, durante o verão, a Páscoa e os fins de semana prolongados. Oviedo e Gijón distam aproximadamente entre 70 km e 80 km de Cangas de Onis.
Gastronomia: Além dos petiscos e pratos típicos das regiões das Astúrias, Cantábria e Castela e Leão, nos PICOS DA EUROPA o destaque vai para a qualidade da carne e a excelência dos queijos, de sabor intenso e fermentados em cavernas, como o famoso queijo de Cabrales.

Destinos Próximos:
==> OVIEDO: Roteiro + Dicas de Viagem
==> GIJÓN: Roteiro + Dicas de Viagem
==> SANTILLANA DEL MAR: Roteiro + Dicas de Viagem 
==> SANTANDER: Roteiro + Dicas de Viagem 
==> ASTÚRIAS: Viagem Cudillero – Luarca

Picos da Europa: Roteiro


PICOS DA EUROPA: O Que Ver

O nosso roteiro pelos PICOS DA EUROPA parte de Cangas de Onis tomando a direção sul da estrada N-625, para atravessar o impressionante Desfiladeiro de Los Beyos, o magnífico vale se Sajambre e chegar aos belos lagos de Riaño.

Alternativamente, pode sair-se pela estrada AS-114, passando por Cabrales, Bulnes, Poncebos (Ruta del Cares), Potes, Fuente Dé, vale de Valdéon e Riaño.

1.  CANGAS DE ONIS

CANGAS DE ONIS é uma das principais portas de entrada do Parque Nacional dos PICOS DA EUROPA, a pouco mais de 70 km de Oviedo e 80 kms de Gijón.

Cangas-Onis

Ponte-Cangas-Onis

Foi a primeira capital das Astúrias, conforme testemunho gravado na estela colocada na ponte romana sobre o rio Sella.
A ponte é, sem dúvida, o monumento mais icónico de CANGAS DE ONIS. Ao centro, sob o arco maior, exibe uma bonita Cruz da Vitória, que assinala a vitória de Pelágio (Pelayo) e das tropas cristãs sobre os mouros na batalha de Covadonga.

Covadonga

Covadonga, fica a escassos quilómetros de Cangas de Onis, saindo pela AS-114 e desviando à direita, em Soto de Cangas.
O Santuário e os Lagos de Covadonga estão à distância de 5 km  e 17 km, respetivamente.

2.  DESFILADEIRO DE LOS BEYOS

Los-Beyos-Desfiladeiro

Ao longo de pouco mais de 12 km e durante milhões de ano o curso do rio Sella cavou este fosso impressionante, profundo e estreito, que é o Desfiladeiro de Los Beyos.
A estrada serpenteia por entre rochas que se erguem imponentes muito acima das nossas cabeças, ladeando o rio e maravilhando-nos com a paisagem única que nos oferece.

3.  VALE DE SAJAMBRE

Sajambre-vale

Contrastando com os enormes rochedos do desfiladeiro ou os cumes calcários das neves perpétuas dos PICOS DA EUROPA, o vale de Sajambre oferece-nos vastas manchas verdes de floresta e pasto.
Uma paisagem onde predominam faias e carvalhos centenários, rebanhos que garantem boa carne e bons queijos, e os tradicionais espigueiros.

4.  RIAÑO

Riaño, pertencente à comunidade autónoma de Castela e Leão, é outra das portas de entrada dos PICOS DA EUROPA.

É um pequeno município, pacato e muito aprazível, com uma população que oscila em torno de 500 habitantes, recriado na sequência da construção da barragem que submergiu a antiga Riaño. Os lagos que entretanto de formaram, rodeados por montanhas e picos que se refletem nas águas calmas, emprestam-lhe uma ambiência de paisagem suiça.

5.  POTES

Potes-aldeia

Potes pertence à região da Cantábria, sendo uma das suas aldeias mais interessantes. Está rodeada de montanhas, tem um bairro antigo classificado como Património de Interesse Cultural com casas brasonadas e floridas, ruas com várias pontes e edifícios históricos relevantes como a

Torre do Infantado

uma construção elegante e robusta, do séc XV, que foi sede da prefeitura do município e é o seu monumento mais representativo.

Anualmente, em novembro, realiza-se em Potes a feira de gado, tida como a mais concorrida e mais importante de toda a Cantábria.

6.  FUENTE DÉ

Picos-Europa-Fuente-De

Fuente Dé é uma localidade da região autónoma da Cantábria no sopé do Maciço Central dos PICOS DA EUROPA.
Possui um teleférico duplo que faz a ligação com o Miradouro do Cabo (altitude de 1823 mts), cumprindo o desnível de 753 metros em 3 minutos e 40 segundos e permitindo o acesso fácil e rápido ao Maciço Central, ou maciço de Urrieles.

Os amantes de alpinismo e pedestrianismo têm a possibilidade escolher diferentes tipos de rotas traçadas a partir de Fuente Dé e do Miradouro do Cabo.

7.  BULNES | PONCEBOS

BULNES é uma localidade pertencente ao município de Cabrales, muito procurada pelos turistas que visitam os seus miradouros sobre o Naranjo de Bulnes  (2519 mts), Também conhecido como Pico Urrielu, o mais famoso dos PICOS DA EUROPA e o mais procurado pelos alpinistas do mundo inteiro.

Bulnes-Poncebos

A mais de seiscentos metros de altitude, encontra-se o lugar de Bulnes com uma vintena de habitantes, um sítio de interesse turístico desde a instalação do Funicular de Bulnes, um transporte sobre carris totalmente escavado no interior da montanha, junto à ponte de PONCEBOS, o local de partida/chegada da Ruta del Cares.


PICOS DA EUROPA: O Que Fazer

 

Percorrer as estradas e os caminhos cravados nos rochedos por entre rios e desfiladeiros impressionantes.
Apreciar todo o esplendor da natureza em redor. Parar nos Miradouros.
Visitar lugares e aldeias típicas como Arenas de Cabrales, Bulnes, Poncebos, Caín, Sotres, ou lugares recônditos que guardam relíquias como a Catedral da Montanha, em Lois.
Trilhar a rota mais famosa dos PICOS DA EUROPA, a Ruta del Cares.

1.  MIRADOUROS

Mirador del Tombo em Posada de Valdéon, na estrada que liga Cordiñanes a Caín.
Nele avistam-se os cumes do Maciço Central dos PICOS DA EUROPA e o vale do rio Cares.
A camurça (cabra-montês), frequente nestas paragens, foi esculpida por José Luis Alonso Coomonte.

2.  LA CATEDRAL DE LA MONTANHA | Lois

LOIS é uma pequena localidade, um lugar recôndito num enclave a mais de 1.200 metros de altitude, a cerca de 23 km de Riaño.
Guarda, desde o séc. XVIII, uma preciosidade, La Catedral de La Montanha.

Catedral-Montanha-Lois

Uma igreja austera, “promovida” a Catedral pela sua monumentalidade e valor arquitetónico, edificada em jaspe rosado extraído de pedreiras locais, a que a luz do sol vai emprestando diferentes tonalidades de rosa ao longo do dia, variando entre mais claro e mais avermelhado.

Na fachada, com duas torres sineiras, destacam-se um alto-relevo representando o mistério da  Anunciação e um relógio de sol de três quadrantes que dá a hora do amanhecer, do meio-dia e do entardecer.

3.  RUTA DEL CARES

Início em Valdéon
Saindo de Cangas de Onis pela N-625, após atravessar o vale de Sajambre e logo depois de Puerto del Pontón, toma-se à esquerda a estrada LE-2711 (à direita, vindo de Riaño), em direção a Posada de Valdéon e Caín de Valdéon.
Início em Poncebos
Deixando Cangas de Onis pela AS-114, por Cabrales, toma-se, à direita, em Las Arenas, a estrada AS-264 em direção ao Funicular de Bulnes e depois a Poncebos.

Tudo sobre a ROTA DO CARES aqui em ==> Ruta del Cares: Picos da Europa .

⇑ Topo

20 thoughts on “Picos da Europa | Roteiro | Visitar Picos da Europa

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: