Gijón: Espanha | Roteiro de Viagem| Visitar Gijón

GIJÓN é a cidade mais populosa da região autónoma das Astúrias, no norte de Espanha, nas margens do Mar Cantábrico.
Uma cidade marítima, com um importante porto, uma movimentada marina, e uma bela baía ao longo da qual se estende a praia de São Lourenço, um dos bilhetes postais de GIJÓN, e um passeio marginal com mais de 2 km de extensão.

A apenas 35 km de distância situa-se Oviedo, e a pouco mais de 50 km e 90 km, respetivamente, o município de Cudillero e o Parque Nacional dos Picos da Europa.

Cidade-Gijon

Como Chegar – O aeroporto do Principado das Astúrias fica a 40 km, em Santiago del Monte, com ligações de bus até ao centro da cidade, onde também se pode chegar de comboio, a partir de Madrid, Barcelona, ou localidades vizinhas com estação ferroviária.

Gastronomia – A chopa, um peixe popular que serve de base a um dos pratos típicos desta região, é cozinhado com sidra e acompanhado com batatas assadas e cebola. Outras iguaras são o ensopado de frutos do mar que inclui peixes vários e moluscos, o churrasco de cordeiro, ou as chaponas de GIJÓN, sobremesa crocante com chocolate.

Destinos Próximos: 
==> SANTILLANA DEL MAR: Roteiro + Dicas de Viagem 
==> SANTANDER: Roteiro + Dicas de Viagem 
==> ASTÚRIAS: Viagem Cudillero – Luarca
==> OVIEDO: Roteiro + Dicas se Viagem

GIJÓN: Roteiro

O Que Ver em GIJÓN

Na cidade velha de GIJÓN destacam-se o parque público na colina de Santa Catalina e o bairro de pescadores de Cimadevilla, em cujas ruas encontramos vestígios romanos, palácios, mansões e velhas casas de pescadores.

1.  PLAZA MAYOR

A Praça Maior de GIJÓN é (quase) como as demais praças maiores de Espanha. É retangular, mas desobedecendo ao projeto inicial, tem pórticos apenas em dois lados.
De resto, é a praça nobre da cidade, onde está instalada a câmara municipal (Casa Consistorial, séc. XIX), e o local onde se realizam diferentes eventos ao longo do ano.

2.  CERRO DE SANTA CATALINA

No cimo da colina de Santa Catalina, uma placa comemorativa, cita a expressão de deslumbramento do escritor Gaspar Merchor de Jovellanos, natural de GIJÓN, com a vista que se obtém em redor: “O espetáculo é magnífico”.
Na verdade, estamos num belo parque recuperado a partir de uma antiga estrutura militar, que oferece espaços de descontração e lazer e a fruição de magníficas vistas sobre a cidade e o bairro de Cimadevilla, o porto, a marina, a praia de São Lourenço e o Mar Cantábrico.

3.  ELOGIO DO HORIZONTE

Elogio-Horizonte-Gijon

Sobre o antigo paiol da Bateria Alta do Cerro de Santa Catalina, um dos ícones artísticos de GIJÓN, o “Elogio do Horizonte”, uma obra em betão, com 10 metros de altura, do artista basco Eduardo Chillida.

4.  PALÁCIO REVILLAGIGEDO

Palacio-Revillagigedo

Em frente à marina, ao lado da Igreja Colegiada de São João Batista, um dos monumentos mais emblemáticos da cidade de GIJÓN, o Palácio Revillagigedo, do séc. XVIII, construído em estilo barroco asturiano a partir do que restava de uma torre medieval.
Alberga o Centro Internacional de Arte e exibe exposições de arte moderna.

5.  PRAIA DE SÃO LOURENÇO

Campo-Valdes- Gijon
GIJÓN. Paróquia de São Pedro Apóstolo. Extremo oeste da Praia de São Lourenço
Praia-Sao-Lourenco-Gijon
GIJON. Baía. Praia de São Lourenço e passeio marginal Muro de São Lourenço. Ao fundo, La Escalerona e o extremo leste da Praia, na foz do rio Piles

Como vimos, a praia de São Lourenço é um dos principais cartões de visita da cidade de GIJÓN. Está encaixada numa bela baía sobre o Mar Cantábrico, ao longo da qual corre uma longa promenade que faz as delícias de locais e forasteiros.
No extremo oeste, a paróquia e a igreja de são Pedro Apóstolo e no extremo leste a foz do rio Piles.

6.  BASÍLICA DE GIJÓN

A Basílica-Santuário do Sagrado Coração de Jesus, de proporções consideráveis, é um templo católico de GIJÓN, de estilo neogótico e modernista, do início do séc. XX.

A Igreja foi praticamente destruída, tendo sido usada como prisão por um governo de direita durante a Revolução de Outubro de 1934, e por forças revolucionárias de esquerda durante a Guerra Civil Espanhola (1936-39).

O restauro permitiu devolver à Basílica o grande esplendor, beleza e harmonia do seu interior, patente nos vitrais e nas magníficas pinturas das paredes e tetos.


O Que Fazer em GIJÓN

Arvore-sidra-Gijon
GIJÓN. Árvore da Sidra. Construída com 3.200 garrafas de sidra. Cada garrafa reutilizada pretende representar uma folha verde na árvore da vida

Junto à marina de GIJÓN, ao lado do palácio Revillagigedo e da praça do Marqués onde se ergue a estátua de Pelayo, foi colocada a Árvore da Sidra.

Uma representação da árvore da vida que é também uma celebração da bebida mais típica da região das Astúrias, a sidra, bebida pouco alcoólica obtida a partir da fermentação do sumo da maçã.

FESTIVAL DA SIDRA NATURAL DE GIJÓN

Na última semana de agosto as ruas e praças de GIJÓN são inundadas de ambiente sidreiro, com os mercadinhos da sidra e da maçã, os concursos de escanções e degustações populares, os cantares de chigre (estabelecimentos típicos de venda da sidra).
Na praia de Poniente, numa festa singular de cor e originalidade, juntam-se milhares de pessoas para bater o recorde mundial de “escanciado” simultâneo.

Sidreiro-Asturias
GIJÓN. Escançando sidra

Escançar sidra é um ritual que exige treino e perícia para garantir o mínimo de desperdício. É também uma atração turística da região.
A experiência diz-nos que é muito mais certeiro provar.

⇑ Topo

 

15 thoughts on “Gijón: Espanha | Roteiro de Viagem| Visitar Gijón

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: