Bilbau: Espanha | Roteiro de Viagem | Visitar Bilbau

BILBAU é a capital da província da Biscaia, no norte da comunidade autónoma do País Basco, em Espanha. Uma cidade portuária envolta numa paisagem fértil e diversificada de praias, costas escarpadas, florestas e montanhas, a cerca de 100 km de San Sébastián.

O Museu Guggenheim é o grande ex-líbris e o símbolo maior da profunda regeneração urbana de BILBAU, que evoluiu de uma cidade portuária e industrial para uma metrópole de serviços, moderna, arrojada, de vanguarda, com uma arquitetura inovadora e grande capacidade de atração turística.

Bilbau-l'Arc-Rouge
BILBAU. Museu Guggenheim (à esq.) e o Arco Vermelho (à dir.)

Informações Úteis:

Como chegar – O aeroporto internacional de Bilbao fica a cerca de 12 km e, entre 10 e 15 minutos, do centro da cidade, com ligações de autocarro.
A estação de caminho de ferro Bilbao-Abando Indalecio Prieto, ou Estação do Norte, fica no centro da cidade junto à praça Circular, onde desemboca a Gran Via, e tem ligações diárias com Barcelona e Madrid e várias outras cidades espanholas. A cerca de 150 metros, junto à ria, fica a estação de bitola estreita Bilbao Concórdia, que assegura ligações com Santander e Léon, e suburbanas, como Portugalete (ou Las Arenas).
O Porto de Bilbau assegura ligação por ferry com a cidade de Portsmouth, no Reino Unido.
Gastronomia –  Além dos afamados “pintxos” acompanhados com o Txakoli, o tradicional vinho basco, os pratos de bacalhau dominam a reconhecida cozinha da Biscaia.
Clima –  O céu apresenta-se com frequência encoberto, registando-se chuva em cerca de metade dos dias do ano, mais frequente entre outubro e abril. As temperaturas são, em geral, amenas, com médias anuais de 6°C (mínimas) e 26°C (máximas).
Cidades Próximas – Vitória e San Sébastian.

Bilbao-Concordia-tren
BILBAU. Ao centro, a fachada da estação ferroviária Bilbao Concórdia. Por trás, a 150 metros, fica a estação Bilbao Abando

Roteiro BILBAU

O que ver em BILBAU

Naturalmente que BILBAU não é só o Museu Guggenheim mas, não apenas a associação é inevitável, como é incontornável que o magnífico museu constitui a principal atração turística da cidade e uma das principais de toda a Espanha.
Uma obra a que, como a Sagrada Família em Barcelona, ninguém fica indiferente.

1.  MUSEU GUGGENHEIM

Bilbau-GuggenheimBilbau-Gugghenheim

Jeff Koons e Richard Serra são dois artistas dos Estados Unidos da América, os únicos com exposições permanentes no Museu Guggenheim Bilbao.
Jeff Koons, com Puppy, o cachorro florido na entrada do museu. Richard Serra (filho de pai espanhol), com The Matter of Time, um conjunto de oito esculturas em aço, considerado “menina dos olhos” do acervo do museu, composto por obras de meados do séc. XX até aos dias de hoje.

O Museu Guggenheim, inaugurado em 1997, é uma obra do arquiteto Frank Gehry.

Guggenheim-Museum

Algumas Curiosidades sobre o Museu:
– visto do rio, sugere um barco, em homenagem à dimensão portuária da cidade;
– o revestimento de titânio, imitando escamas de peixe, e vidro, permite estar sempre iluminado com a luz que recebe;
– naturalmente polémico, é criticado, entre outras, por a arquitetura exterior do edifício concitar mais interesse que o seu acervo.

2.  PUPPY

Na ampla esplanada do museu, assumindo a pose de seu guardião permanente, um outro ícone da cidade, o cachorro Puppy, uma escultura monumental com mais de 12 metros de altura, que muda de roupagem e colorido consoante as cores das cerca de 40.000 flores com que é (re)vestido, em maio e outubro.

Mas, a fantástica obra de arquitetura que é o Museu Guggenheim Bilbao, integra um amplo espaço de reabilitação e regeneração urbana que lançou BILBAU numa senda de modernidade, como pode testemunhar-se com muitas outras intervenções na envolvente do museu.

3.  L’ARC ROUGE

Bilbao-L'Arc-Rouge

L’Arc Rouge, O Arco Vermelho, sobre a ponte La Salve que atravessa o rio Nervión, é uma intervenção do renomado artista francês Daniel Buren, um dos vários projetos inseridos na transformação e revitalização da área envolvente do Museu Guggenheim.

4.  ZUBIZURI

Conhecida como Ponte Calatrava, em referência ao seu criador, o arquiteto Santiago Calatrava (autor da Estação do Oriente, em Lisboa), Zubizuri (Ponte Branca, em basco), é uma ponte pedonal que liga as duas margens da ria de Bilbau.

5. UNIVERSIDADE DO PAÍS BASCO

Bilbau-Universidade

O Auditório da Universidade do País Basco, um edifício de referência com a forma de um L, e o mobiliário de interiores, são autoria do arquiteto Siza Vieira.
A Biblioteca é da autoria do arquiteto espanhol Rafael Moneo.

6.  ISOZAKI TOWERS e METRO BILBAO

As salientes torres gémeas do arquiteto japonês Arata Isozaki, ou o Metro Bilbao do inglês Norman Foster, com os seus “fosteritos”, as características entradas envidraçadas, são exemplos de outras intervenções notáveis da grande regeneração urbana de BILBAU.


O que Fazer em BILBAU

Além do Ensanche, a área requalificada em redor do Museu Guggenheim, a cidade de BILBAU conserva o seu Casco Velho, o Bairro Antigo também conhecido como “Sete Ruas” muito afetado pelas inundações de 1983, uma zona pedestre com muito comércio, restaurantes, bares e esplanadas.

1.  RIA DE BILBAU

Bilbau-Ria
RIA DE BILBAU. Ao fundo, a Ponte do Arenal, de acesso aos jardins e ao centro histórico, e o Teatro Arriaga (à esq.)

A Ria de Bilbau, formada pelos rios Nervión e Ibaizábal, atravessa a cidade até desembocar no Mar Cantábrico, entre os municípios de Getxo e Portugalete.
Divide a cidade entre o Ensanche, na margem esquerda, e o Casco Velho, na margem direita.

2.  PREFEITURA DE BILBAU

Prefeitura-Bilbao

Entre as montanhas e a margem direita da ria, fica a sede do município de BILBAU.
A escultura, em primeiro plano, é do escultor basco Jorge Oteiza, tendo o sugestivo nome de Variante ovóide da desocupação da esfera.

A cerca de 10 minutos, a pé, do município, o Teleférico de Artxanda conduz-nos até ao cume do Monte Artxanda, onde podemos passear, apreciar a cozinha local e usufruir de vistas privilegiadas sobre a cidade de BILBAU.

3.  TEATRO ARRIAGA

O Teatro Arriaga, uma notável construção neobarroca dos finais do séc. XIX, é uma das mais importantes salas de espetáculos de BILBAU.

4.  FONTE DO CÃO

Bilbao-Fonte-do-Cao

A Fonte do Cão é um dos postais do Bairro Antigo, numa das ruas estreitas e mais tradicionais da Cidade Velha de BILBAU, a Rua do Cão.
Tem três bicas com a forma da cabeça de um leão que, ao que parece, mais se assemelha à de um cão.
Difícil seria, por isso, escapar ao seu destino!
Mas, apreciada como é, bem se pode dizer que teve sorte de leão!

5.  SAN MAMES

Para os aficionados, o estádio de San Mames fica a cerca de 2 km do centro da cidade, entre a estação de autocarros e a Ria de Bilbau. É a casa do Atlético Clube de Bilbau, o clube que é também veículo de promoção da cidade, da região e da identidade basca, admitindo somente atletas criados, nascidos ou com ascendência no País Basco.

6.  PORTUGALETE – Ponte da Biscaia

A cerca de 12 km do centro de BILBAU, a norte, no município de Portugalete, a Ponte da  Biscaia é Património Mundial UNESCO, desde 2006.

Inaugurada em 1893, foi a primeira do seu género no mundo. Ponte de transporte, de pessoas, veículos e mercadorias, liga as margens da Ria de Bilbau, entre Portugalete e Las Arenas. Uma experiência a considerar.

⇑ Topo

Destinos Próximos: 
==> BARCELONA: Roteiro + Dicas de Viagem 
==> LLEIDA: Roteiro + Dicas de Viagem 
==> PIRINÉUS: Ordesa e Monte Perdido 

==> ANDORRA: Roteiro + Dicas de Viagem

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: