Barcelona | Roteiro de Viagem | Visitar Barcelona

BARCELONA é a capital da comunidade autónoma da Catalunha, em Espanha, e a cidade da Sagrada Família, Da Casa Batló, da Casa Milà, do Parque Güell, que sob a designação Obras de Antoni Gaudí, integram a lista do Património Mundial UNESCO. 

BARCELONA é uma das grandes metrópoles europeias, sendo considerada uma cidade global, inteligente, influente, inovadora, das mais visitadas na Europa e no mundo.

Barcelona-cidade
BARCELONA. Skyline da cidade com dois dos seus edifícios mais representativos: Catedral da Sagrada Família (à esq.) e Torre Agbar (à dir.)

Informações Úteis:
Transportes – O aerobus liga os terminais 1 e 2 do aeroporto de Barcelona ao centro da cidade, com passagens pela praça da Catalunha (extremo norte da avenida das Ramblas) e pela praça de Espanha (junto à Fonte Mágica e ao Museu Nacional de Arte da Catalunha, na colina Montjüic), onde se situa a monumental Arena de Barcelona. A rede de Metro chega a todos os pontos de interesse da cidade, e às estações ferroviárias de Sants e Francia.
Barcelona City Pass – O City Pass pode ser obtido através do telemóvel funcionando como e-ticket recebido no e-mail. Inclui entradas na Sagrada Família e no Parque Güell (com guias de áudio), passagens no autocarro panorâmico hop-on hop-off e no aerobus.  Inclui ainda descontos de 20% nas entradas de muitas outras atrações principais, como a Casa Milà ou a Casa Batló.

Nas proximidades de BARCELONA:
==> ANDORRA: Roteiro + Dicas de Viagem
==> LLEIDA/Lérida: Roteiro + Dicas de Viagem
==> PIRINÉUS: Ordesa e Monte Perdido

Mapa da Catalunha

Roteiro BARCELONA

O que ver em BARCELONA

Há coisas que de modo automático associamos a BARCELONA: as Ramblas, o Templo da Sagrada Família, o Parque Güell, os Jogos Olímpicos.

1.  LAS RAMBLAS

Las-Ramblas-Barcelona

Las Ramblas, é dos sítios mais populares de BARCELONA, uma avenida central com cerca de 1,2 km, essencialmente reservada a peões, que se estende desde o monumento a Cristóvão Colombo, junto ao porto marítimo, até à praça da Catalunha.
Uma avenida viva, dia e noite, repleta de animação e de gente, onde praticamente tudo acontece: estátuas vivas, artistas desenhando, pintando, executando malabarismos.

De um lado (à esquerda), o Bairro Raval, do outro, o Bairro Gótico. A meio o Teatro Liceu.

2.  BAIRRO GÓTICO DE BARCELONA

Barcelona-catedral

O Bairro Gótico, é a a grande referência da Cidade Velha de BARCELONA, uma zona da cidade, onde se destacam a Catedral e o Museu de História de Barcelona, a Praça de Santa Maria del Pi e a igreja gótica a que deve o nome, os artesãos, os bares, discotecas, cafés e restaurantes, que dão vida e colorido às estreitas ruelas medievais.

3.  TEATRO LICEU DE BARCELONA

Teatro-Liceu-Las-Ramblas

A meio das Ramblas, uma das mais importantes casas de ópera do mundo, o Grande Teatro do Liceu, inaugurado em 1847 com orquestra residente, que ao longo da sua história naturalmente foi acolhendo os maiores intérpretes e as óperas mais famosas.
A Orquestra Sinfónica do Grande Teatro do Liceu é a mais antiga orquestra de Espanha, ainda em atividade.

4.  CASA BATLLÓ

Barcelona-Casa-Batllo

Atravessando a Praça da Catalunha, no final da avenida das Ramblas, e prosseguindo pelo Avenida de Gràcia, encontramos duas das construções mais representativas da arquitetura de BARCELONA: a Casa Batlló (650 metros adiante) e a Casa Milà (550 metros depois).

5.  CASA MILÀ/LA PEDRERA

O chamado modernismo catalão, estilo arquitetónico dominante nas últimas décadas do séc. XIX e primeiras do séc. XX, de que Antoni Gaudí é referência maior, começou por ser tudo menos consensual, pelo que a Casa Milà ficou também conhecida como La Pedrera, por, para muitos, se parecer com um amontoado disforme de rochas numa pedreira.

6.  SAGRADA FAMÍLIA

O Templo Expiatório da Sagrada Família é por muitos considerado a obra prima do arquiteto Antoni Gaudí.

Maqueta-Sagrada-Familia
BARCELONA. Maqueta Sagrada Família. 3 portais: Fachada da Glória (principal), Fachada da Paixão (à esq.) e Fachada da Natividade (à dir.); Abside e 18 torres.

Serão 18 as torres da Sagrada Família, quando for concluída a construção do magnífico templo.
Na zona central, a torre maior, com 170 metros, dedicada a Jesus Cristo, ladeada por outras quatro (125 metros) dedicadas aos evangelistas: Mateus, Marcos, Lucas e João.
Na abside (oposta à Fachada principal), uma torre um pouco menor que as anteriores, encimada por uma estrela, dedicada à Virgem Maria.
Finalmente, quatro em cada uma das três entradas: Fachada da Glória, Fachada da Paixão e Fachada da Natividade, num total de doze torres dedicadas aos apóstolos.

Tendo em conta as dimensões, a profusão de elementos decorativos, a génese, evolução, sentido e diversidade das formas, a Sagrada Família ergue-se disruptivamente a apontar o caminho do céu, que se nos revela no interior em hosanas de esplendorosa elegância e excecional beleza.

7.  PARQUE GÜELL

O Parque Güell é um grande parque urbano, a cerca de 4 km do centro de BARCELONA, concebido por Gaudí por encomenda do conde de Güell.

Parque-Guell 

Gaudi-Casa-Museu
BARCELONA. Parque Güell. Casa Museu Gaudí

O Parque Güell é, como pode constatar-se, mais uma expressão do génio invulgar de um arquiteto notável que marcou definitivamente a arquitetura da capital da Catalunha.


O que fazer em BARCELONA

Barcelona-avenida

Uma das marcas distintivas de BARCELONA é a sua arquitetura e a sua arte.
A melhor forma de o testemunharmos é percorrer tranquilamente as suas ruas, avenidas, praças, parques e jardins.

1.  PARQUE DA CIDADELA

Parque-cidade-barcelona

O Parque da Cidadela é o mais antigo e um dos mais extensos e mais aprazíveis parques de BARCELONA.
Além da vegetação frondosa e de vastas áreas ajardinadas, lagos, cascatas e esculturas, no recinto do parque encontramos a sede do Parlamento da Catalunha, o Zoo de Barcelona, o Castelo dos Três Dragões (antigo Museu de Zoologia), o Arco do Triunfo, e amplas áreas de passeio e lazer.

2.  PARQUE DE MONTJUÏC

Tal como registamos no roteiro de BARCELONA, a colina de Montjuïc fica na região sudoeste da cidade oferecendo ampla vista sobre o mar, o porto marítimo e a Cidade Velha.

Jogos Olímpicos de BARCELONA

A área envolvente foi alvo de profunda remodelação para acolher a Cidade Olímpica e os Jogos Olímpicos de BARCELONA 1992, um grande evento desportivo e mediático que projetou a capital da Catalunha no mundo e possibilitou a requalificação urbanística de uma parte importante da cidade.

3.  MUSEU NACIONAL DE ARTE DA CATALUNHA

Barcelona-Museu-Arte

Localizado no cimo da colina, no Palácio Nacional de Montjuic, preserva e expõe uma das mais importantes coleções de arte do mundo, do românico aos nossos dias.

4.  FONTE MÁGICA DE BARCELONA

Fonte-magica-barcelona

A Fonte Mágica de Barcelona situa-se entre a Praça de Espanha, com a sua Arena monumental, e o Museu Nacional de Arte da Catalunha, no topo da avenida e da colina Montjüic.

Entre junho e setembro, de quarta a domingo, a partir das 21h30, e às quintas, sextas e sábados, em outubro, a partir das 20h00 ou 21h00, são exibidas coreografias com música, água e luz, e a duração de uma hora. A entrada é livre.
Encerra entre 7 de janeiro e final de fevereiro.

Uma bela maneira de nos recordarmos de que BARCELONA é verdadeiramente uma cidade mágica!

⇑ Topo

Nas proximidades de BARCELONA: 
==> ANDORRA: Roteiro + Dicas de Viagem 
==> LLEIDA/Lérida: Roteiro + Dicas de Viagem 
==> PIRINÉUS: Ordesa e Monte Perdido

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: