Fajã Grande| Que ver e fazer | Visitar Fajã Grande

FAJÃ GRANDE é uma freguesia rural do concelho das Lajes das Floressituada na costa ocidental da ilha das Flores, entre as freguesias da Fajãzinha e de Ponta Delgada.
A sua população de pouco mais de 200 habitantes, compõe, ainda assim, um dos maiores agregados populacionais do concelho, de cuja sede dista 17 km.

A FAJÃ GRANDEuma enorme fajã que se espraia entre a portentosa escarpa da Rocha da Fajã e o mar, integra uma das mais belas paisagens litorais dos Açores.
De um lado, a falésia com altitudes superiores a 600 metros, mais de uma dezena de belas cascatas e vegetação luxuriante e, do outro, o mar de águas magníficas a recortar a linha de costa, a abraçar ilhéus, a espreitar grutas e a banhar praias e piscinas naturais.

Fajã Grande e Ilhéu de Monchique
FAJÃ GRANDE. Em 1º plano, a Aldeia da Cuada, adiante a povoação da Fajã Grande e, ao fundo, à direita, a Ponta da Fajã Grande. À esquerda, o Ilhéu de Monchique

Informações Úteis:

  • Transportes – Existem ligações rodoviárias entre Lajes das Flores e a Fajã Grande, e entre Santa Cruz das Flores e a Fajã Grande (nos meses de Julho e Agosto e período escolar). Além de ligações entre Santa Cruz e Ponta Delgada e Santa Cruz e Lajes. Em alternativa, é possível alugar carro com ou sem condutor.
  • Festividades – Para além das tradicionais romarias do Espírito Santo, entre Maio e Setembro, e da Festa do Emigrante em Julho, celebram-se, a 24 de Junho, as festas em honra de São João, orago da FAJÃ GRANDE.
  • Clima – Temperaturas amenas, pluviosidade média elevada, céu com nuvens e vento por vezes forte.
Mais sobre os AÇORES: 
--> Roteiro SÃO MIGUEL 
--> PONTA DELGADA: Que Ver Que Fazer 
--> SETE CIDADES: Que Ver Que Fazer 
--> FURNAS: Que Ver Que Fazer 
 
--> Roteiro FAIAL 
--> HORTA: Que ver Que fazer 

--> Roteiro PICO 
--> Roteiro SÃO JORGE
--> Roteiro TERCEIRA
--> ANGRA DO HEROÍSMO: Que ver Que fazer

--> Roteiro FLORES
--> Roteiro CORVO

FAJÃ GRANDE: Que Ver

Os miradouros são pontos privilegiados de observação e contemplação das ilhas e, neste caso, da Ilha das Flores.

Fajã Grande, freguesia

O Miradouro do Portal é um desses locais, que possibilita uma fantástica vista sobre a FAJÃ GRANDE e os três principais lugares da freguesia: Aldeia da Cuada, Fajã Grande e Ponta da Fajã.

1.  POVOAÇÃO DA FAJÃ GRANDE

Fajã Grande, vista panorâmica

Estrada da Fajã Grande, Flores

Campo e mar, Fajã Grande

O centro da freguesia da FAJÃ GRANDE concentra o maior aglomerado de habitantes e casario, numa paisagem dominada pelos férteis terrenos agrícolas e pela extensa zona balnear e de lazer que se estende do porto da FAJÃ GRANDE à Ponta da Fajã.

1.1  ZONA BALNEAR da FAJÃ GRANDE

Praia, Fajã Grande

A extensa zona balnear da FAJÃ GRANDE é formada pelas piscinas naturais na área do antigo porto marítimo e pelas praias de calhaus rolados que se prolongam até à Ponta da Fajã.

1.2  CASCATA DO POÇO DO BACALHAU

Fajã Grande, Poço do Bacalhau

A cascata do Poço do Bacalhau é uma queda de água que que se precipita de uma altura de 90 metros, formando uma lagoa aprazível, rodeada de laurissilva, vegetação natural e endémica da Macaronésia.
A lagoa é usada como zona balnear, constituindo um dos principais atrativos da FAJÃ GRANDE.

2.  ALDEIA DA CUADA

A meio caminho entre a Fajãzinha e a FAJÃ GRANDE, encontramos uma pequena aldeia com pouco mais de uma dezena de casas, cuidadosamente recuperadas para o turismo rural, classificada como Conjunto de Interesse Municipal.

Aldeia da Cuada, Fajã Grande
ALDEIA DA CUADA. Em 1º plano, no terraço, ao centro

Aldeia da Cuada, Lajes das Flores

É a Aldeia da Cuada. Calçadas, muros e casas de pedra nua, embelezados com o verde das plantas e o colorido das flores, com restaurante, bar, multibanco, terraço, churrasco e jardim. Por entre vegetação exuberante, num cenário idílico de montanha e mar.

3.  PONTA DA FAJÃ GRANDE

Ponta da Fajã, Fajã Grande
PONTA DA FAJÃ GRANDE. Aldeia e igreja dedicada a Nossa Senhora do Carmo

A Ponta da Fajã, que resiste à desertificação mantendo teimosamente cerca de duas dezenas de resistentes habitantes, forma o limite norte da freguesia da FAJÃ GRANDE. É um pequeno paraíso natural com belas cascatas a precipitarem-se sobre a falésia.

4. ILHÉU DE MONCHIQUE

O Ilhéu de Monchique, é o ponto mais ocidental de Portugal.
É um rochedo basáltico com 30 metros de altura, ao largo da costa da FAJÃ GRANDE, formado a partir de um cone vulcânico sujeito a grande erosão.

Ilha das Flores, Ilhéu de Monchique

Um sítio de elevada biodiversidade, com um índice de Margalef de 11,0.

5.  VIGIA DA BALEIA

Como o nome indica, teve em tempos função primordial na observação e preservação da faina baleeira.

Vigia da Fajã Grande, pôr do sol

Hoje, é mais um excelente miradouro num rochedo sobranceiro ao mar, de onde se captam imagens fantásticas.

6. POÇO DA ALAGOINHA

À saída da FAJÃ GRANDE, na estrada principal, encontramos a indicação do Poço da Alagoinha, também conhecido por Poço da Ribeira do Ferreiro.

Lagoa das Patas, Fajã Grande

O acesso é pedestre, com o caminho escorregadio, dados o grau de humidade e a vegetação densa, a requerer, por isso, alguns cuidados.
Chegados, facilmente percebemos por que a Alagoinha é referida como um dos locais de maior beleza da FAJÃ GRANDE e das Flores.
Um cenário paradisíaco de cascatas que alimentam um poço de calmaria, a jorrar sobre a falésia por entre vegetação luxuriante. Um convite ao namoro com a natureza.


FAJÃ GRANDE: Que Fazer

Como referimos em Roteiro das Flores, na FAJÃ GRANDE estão alguns dos melhores trilhos pedestres dos Açores: PR1FLO Fajã Grande – Ponta Delgada; PR2FLO Fajã Grande – Lajedo; e, PR3FLO Poço do Bacalhau – Miradouro das Lagoas.

Trilho Pedestre, Fajã Grande

Eles são uma maneira privilegiada de explorar uma das regiões mais bonitas da Ilha das Flores, as suas falésias e costa recortada, acedendo a miradouros que nos proporcionam vistas de uma beleza extraordinária.

Se, entretanto, no caminho, desabar, sem aviso, uma valentíssima tromba de água, não há como espantar, estando nós na região de maior pluviosidade da ilha. O melhor mesmo, é descobrir uma gruta sob a escarpa rochosa, e esperar que passe!

⇑ Topo

Mais sobre os AÇORES: 
--> Roteiro SÃO MIGUEL 
--> PONTA DELGADA: Que Ver Que Fazer 
--> SETE CIDADES: Que Ver Que Fazer 
--> FURNAS: Que Ver Que Fazer  

--> Roteiro FAIAL 
--> HORTA: Que ver Que fazer 

--> Roteiro PICO 
--> Roteiro SÃO JORGE
--> Roteiro TERCEIRA
--> ANGRA DO HEROÍSMO: Que ver Que fazer

--> Roteiro FLORES
--> Roteiro CORVO

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: