O Mundo de Sofia – Jostein Gaarder

O Mundo de Sofia, citações

“O facto de o mar estar calmo na superfície não significa que algo não esteja acontecendo nas profundezas.”

“O que se perde é infinitamente menor do que aquilo que se ganha. Você se perde nesta forma que você tem agora, mas ao mesmo tempo compreende que você é algo infinitamente maior. Você é o universo inteiro.”

“Qual é a coisa mais importante da vida? Se fazemos esta pergunta a uma pessoa de um país assolado pela fome, a resposta será: a comida. Se fazemos a mesma pergunta a quem está morrendo de frio, então a resposta será: o calor. E quando perguntamos a alguém que se sente sozinho e isolado, então certamente a resposta será: a companhia de outras pessoas.”

“Para nos tornarmos bons filósofos precisamos unicamente da capacidade de nos surpreendermos…”

O Mundo de Sofia, a obra

Sofia é uma adolescente, quase a completar quinze anos, que vive com a mãe, um gato, três peixes, dois pássaros e uma tartaruga.
Um dia recebe na caixa de correio duas mensagens anónimas que irão agitar a sua vida normal e pacata, igual afinal à de todas as meninas da sua idade.
Uma das mensagens continha a pergunta: “Quem és tu?”; a outra, a pergunta: “De onde vem o mundo?”
A partir daqui, a trama romanesca desenvolve-se em torno das comunicações misteriosas de Sofia com dois outros personagens: um filósofo de cinquenta anos e um militar das forças de manutenção de paz da ONU.

O romance que sobretudo reflete a atitude de espanto perante a existência, é também um guia básico de filosofia, fazendo um percurso pela história do pensamento ocidental e por alguns dos seus mitos e lendas, com referências às filosofias orientais.

O Mundo de Sofia foi publicado em mais de meia centena de línguas em todo o mundo, em mais de 40 milhões de cópias impressas, tendo sido adaptado ao cinema, em 1999.

Jostein Gaarder, o autor

Jostein Gaarder, nasceu em Oslo, na Noruega, em 1952. Filho de um casal de professores, foi também professor de Filosofia, na escola pública, em Bergen.
O êxito da sua já vasta obra, particularmente o seu trabalho mais conhecido O Mundo de Sofia, publicado pela primeira vez em 1991, fez com que passasse a dedicar-se exclusivamente à escrita.

Para Jostein Gaarder, que empresta aos seus romances de cariz marcadamente filosófico uma atitude permanente de espanto, a existência é um coelho branco que o ilusionista tira ludicamente da cartola.

 

One thought on “O Mundo de Sofia – Jostein Gaarder

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: