Sarajevo: Bósnia | Que ver e fazer |Visitar Sarajevo

O autor americano Reif Larsen diz que “visitar SARAJEVO é testemunhar as maiores tristezas e triunfos da civilização”.

Em 1914, SARAJEVO testemunhou o assassinato de Franz Ferdinand, herdeiro ao trono do Império Austro-Húngaro, acontecimento que acabaria por despoletar a I Guerra Mundial.
Em 1984, foi palco dos Jogos Olímpicos de Inverno.
Em 1992, foi sujeita ao maior cerco da Guerra da Bósnia, que duraria até 1996.

SARAJEVO: “Pequena Jerusalém”

SARAJEVO foi sempre ao longo da sua história um lugar de encontro entre as civilizações do ocidente e do oriente, conservando uma vocação ecuménica que lhe confere o epíteto de “pequena Jerusalém”.
Em pleno centro histórico, numa área de poucos metros quadrados, encontramos catedrais, sinagogas, mesquitas, templos ortodoxos, de quatro religiões diferentes!

Como chegar a SARAJEVO

A capital da Bósnia e Herzegovina é servida por um aeroporto a menos de 10 km do centro da cidade.
Os comboios e os autocarros podem ser uma boa alternativa para entrar e sair de SARAJEVO. Os respetivos terminais situam-se quase lado a lado e distam cerca de 2,5 km do centro da cidade  e da sua zona histórica.

O que ver em SARAJEVO

SARAJEVO é hoje uma cidade calma, simpática, descontraída, cosmopolita, perfeita para percorrer a pé, pelo bairro, ruas e praça do núcleo histórico de Bascarsija e pelas margens do rio Miljacka.

1Bascarsija

Núcleo histórico de SARAJEVO, onde se concentram os principais pontos de interesse da cidade velha e onde são evidentes as influências de outros povos e culturas nomeadamente do período otomano.
Aqui encontramos antigos bazares, oficinas de artesãos, lojas de comércio, bares, cafés, e restaurantes com os petiscos mais típicos e uma variada oferta gastronómica, além de uma multiplicidade de templos de 4 religiões diferentes.

Sarajevo cidade velha

– Praça e Fonte Selbij

Praça central com a icónica Fonte Selbij, rodeada de bares, cafés, lojas e esplanadas.

Mercado Gradska Trznica e Torre do Relógio

O mercado fechado de Gradska Trznica, de belíssima construção do final do séc. XIX, é monumento nacional, e serve ainda o seu propósito original: venda de frutas, legumes e carnes. Do outro lado, fica o mercado aberto de Markale, tragicamente famoso pelos massacres provocados pelos dois bombardeamentos que sofreu durante o cerco da cidade, na Guerra da Bósnia.
A velha torre do relógio de SARAJEVO é conhecida por ser a única no mundo que mantém o tempo lunar.


2- Margens do rio Miljacka

rio Miljacka, ladeia a zona histórica de Bascarsija, proporcionando um passeio agradável pelas suas margens, pelas suas pontes e pelos edifícios de interesse público de um e outro lado do rio.

Ponte Latina

Um dos principais ícones da cidade.
Local do assassinato do arquiduque Franz Ferdinand.

Ponte Latina, Sarajevo

Museu de SARAJEVO 1878-1918

O Museu de SARAJEVO, mesmo ao lado da Ponte Latina, dedica-se ao período da história da cidade e do país, sob domínio do império Austro-Húngaro.

Prefeitura

Sede  do governo da cidade de SARAJEVO, albergou a Biblioteca Nacional e Universitária da Bósnia e Herzegovina, desde II Guerra Mindial até 25 de Agosto de 1992, data em que foi incendiada pelas forças que fizeram o cerco a SARAJEVO durante a Guerra da Bósnia.

Nas placas colocadas de cada um dos lados da entrada principal, pode ler-se:
“Neste lugar criminosos sérvios na noite de 25 para 26 de agosto de 1992 incendiaram a Biblioteca Nacional e Universitária da Bósnia e Herzegovina. Mais de 2 milhões de livros, periódicos e documentos desapareceram nas chamas. Não esqueçam. Lembrem e chamem a atenção!”.

– Universidade de SARAJEVO e Academia de Belas Artes

É a maior e mais prestigiada universidade da Bósnia e Herzegovina e uma das maiores universidades do mundo em número de frequências.
A Academia das Belas Artes é uma das suas mais de 20 faculdades.

O que fazer em SARAJEVO

Como vimos, SARAJEVO é uma cidade calma e tranquila, uma cidade para desfrutar ao longo das ruas do bairro histórico e da praça central de Bascarsija, e das margens do rio Miljacka.

Fazer compras nos bazares de inspiração turca e otomana, ou nos mercados locais, visitar templos de quatro religiões diferentes, apreciar a riqueza gastronómica da região, são excelentes motivos para descobrir a cidade e o que ela tem para nos oferecer.

Sendo uma cidade em reconstrução e crescimento, SARAJEVO possui também zonas novas com modernas construções e equipamentos

Marcas da Guerra

Tendo sido uma cidade martirizada pela Guerra da Bósnia, SARAJEVO conserva marcas visíveis  desse episódio brutal da sua história recente em muitos edifícios e construções,

mantendo acesa a chama eterna, para que sempre se recorde e jamais se esqueça o horror e a dimensão da tragédia.
Que igualmente se abateu sobre
Mostar que ver que fazer em Mostar | Bósnia

como denunciamos no Postal da Bósnia .

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: