Malta – Plano de viagem

Todos os que têm por hábito viajar de forma independente, programando as suas próprias viagens, sabem por experiência própria, o conjunto de tarefas e os cuidados a observar, nomeadamente:
– as condições de estabilidade e segurança no destino;
– a documentação necessária: cartão de cidadão, visto, passaporte;
– cuidados de saúde: Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD), vacinação;
– seguro de viagem que inclua assistência médica;
– a moeda corrente e os meios de pagamento disponíveis;
– a escolha de um itinerário de viagem,

que nos permitam, com segurança, fazer (sendo o caso) as reservas de voos e (sempre que possível) as reservas de alojamento.

Garantidas as condições básicas sem as quais não deveremos dar início a qualquer viagem, debruçamo-nos sobre a elaboração do nosso PLANO DE VIAGEM – O que ver O que fazer em MALTAPlano de Viagem a MALTA

 

que pode ter este ou outro aspeto, de acordo com a forma como queremos organizar a informação relativa ao itinerário que, com o detalhe possível, previamente traçamos.

Desde logo, o nosso PLANO DE VIAGEM, deverá reproduzir o itinerário que fixamos, contemplando:
– o dia da partida, a estada no destino e o dia de regresso;
– os embarques, com indicação exata dos locais e respetivos horários;
– os dias de permanência e as ligações entre os diversos pontos de passagem: transporte e horários;
– o alojamento: morada, acessos, horários de chek-in chek-out, custo, condições de utilização e pagamento.

Entre as muitas vantagens de um PLANO DE VIAGEM, a principal das quais resulta da concentração num único documento das inúmeras notas e apontamentos que fomos juntando ao longo das nossas pesquisas, há uma outra, igualmente importante, que tem a ver com a possibilidade de agrupar e analisar os diferentes custos e obter em cada momento o somatório dos custos envolvidos.

Se, aos custos de Transportes e Alojamento, a que resumimos o nosso PLANO DE VIAGEM, lhes juntarmos, as estimativas de custos com Alimentação, Visitas, Passes ou outros custos com transportes, custos administrativos com vistos ou outros, uma quantia extra para despesas eventuais, conseguimos obter uma estimativa global do custo da nossa viagem e programá-la com toda a segurança.
Reduzindo assim, a ansiedade que sempre nos invade no lançamento e preparação de uma viagem, e a margem de insegurança que experimentamos quando temos consciência de que nos falta informação ou que a informação que conseguimos reunir é caótica, confusa e dispersa.

Além de que, estaremos, sem dúvida, em muito melhores condições de poder usufruir do imenso prazer de viajar, tirando pleno partido de uma viagem que, mesmo podendo não ser a dos nossos sonhos, nos permitirá dormir descansados, com aquela ansiedade boa de quem adormece a contar os dias que faltam para o seu início.

E, enquanto não chega, podemos antecipá-la aqui em  O que ver O que fazer em MALTA

 

One thought on “Malta – Plano de viagem

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: