O que ver O que fazer em EDIMBURGO Old Town

Depois da visita ao outro lado da cidade, a New Town , a Cidade Nova de EDIMBURGO, reservamos para hoje um dos mais magníficos miradouros e a parte mais nobre da cidade medieval, num percurso de cerca de 7,5Km pela Old Town, a Cidade Velha de EDIMBURGO.

ROTEIRO Dia 2 – Old Town

O que ver em EDIMBURGO

Começamos por um dos extremos da Royal Mile, a celebérrima via principal do centro histórico de Edimburgo, com uma extensão de exatamente uma milha (1,6Km), ligando o Castelo de Edimburgo ao Palácio de Holyroodhouse, ou Palácio de Holyrood,

que inicialmente serviu como mosteiro e a partir do séc. XV como residência principal dos reis da Escócia. Ao lado, a Abadia do séc XII, em ruínas, foi local de cerimónias de coroação e casamentos reais.
O palácio continua a ser usado para alguns atos oficiais e pela rainha Isabel II no início de cada verão.

Ao lado, The Queen´s Gallery,

uma construção vitoriana, parte de complexo do palácio, que serviu de igreja, e que exibe obras da Royal Collection, a coleção de arte da Família Real Britânica, que é também a maior coleção de arte privada do mundo.

Em frente, um edifício recente, muito contestado, de arquitetura arrojada e custos polémicos, The Scotish Parliament,

a casa do Parlamento Escocês, desde 2004, que pode ser visitada gratuitamente de 2ª a Sábado.

Contornando o parlamento, por trás, no sopé da colina em frente, Our Dynamic Earth

uma das principais atrações de Edimburgo que explica aos visitantes os processos de formação da Terra desde o Big Bang.
Informados sobre a origem e formação do planeta, vamos subir o monte de origem vulcânica que se ergue mesmo à nossa frente, na esperança de que continue adormecido, pelo menos, as mesmas centenas de milhões de anos desde a sua erupção!

O maior pico do conjunto de colinas da cidade, de 251m, Arthur’s Seat

é um miradouro soberbo, a apenas cerca de 1Km do mais emblemático monumento da cidade, o Castelo de Edimburgo que, como sugere a foto, se destaca altaneiro na colina em frente, também de origem vulcânica.
Depois das fotos, das vistas fantásticas em redor e do merecido descanso no alto do pico, descemos a encosta na direção do castelo e do centro da cidade.

Junto dos parques The Meadows e George Square, a prestigiada Universidade de Edimburgo

fundada em 1587, é a única universidade escocesa membro do Grupo Coimbra, uma rede de universidades das mais antigas e prestigiadas da Europa, de que também fazem parte, além claro da Universidade de Coimbra com o seu prestígio e os seus 727 anos, as britânicas Oxford e Cambridge.

Nas imediações, em direção ao centro histórico, o National Museum of Scotland,

o Museu Nacional da Escócia, um dos 10 mais visitados do Reino Unido, no top 20 dos museus e galerias mais visitados do mundo. Com entrada gratuita.

Próximo do castelo, no outro extremo da Royal Mile, a Camera Obscura e World of Illusions

Ao lado, The Scotch Whisky Experience

réplica de uma destilaria, onde é possível descobrir (quase) todos os segredos do whisky, e fazer prova do famoso néctar na maior coleção de whisky do mundo.

Um pouco acima, o monumento mais icónico da cidade, The Edinburgh Castle

uma antiga fortaleza no alto de um enorme rochedo onde se concentram instalações militares, museus, capela e palácio real, e onde, anualmente durante 3 semanas em agosto, se realiza o Edinburgh Military Tatoo, uma parada militar famosa em todo o mundo.

De regresso à movimentada Royal Mile, descemo-la calmamente para podermos apreciar os imensos pontos de interesse da principal via da cidade velha.

The Hub

edifício mais alto do centro da cidade, de bela arquitetura, onde anualmente decorre o Festival Internacional de Edimburgo, com apresentações de ópera, teatro, música e dança.

St Giles’ Cathedral

a catedral dedicada a Sto Egídio, padroeiro da cidade.

The Scotsman Steps

a histórica escadaria que liga a Cidade Velha à Cidade Nova, restaurada em 2011, no âmbito do projecto Edimburgo Património Mundial.

City Chambers

as instalações da câmara municipal da cidade.

The Real Mary King’s Close

uma das principais atrações da cidade velha que esconde um conjunto de ruas, um beco da cidade que existiu entre os séc.s XVII e XIX, que foi demolido e soterrado sob novas construções.

Kirk and Cemetery of the Canongate

a igreja onde a Rainha participa nos serviços religiosos quando se encontra em Edimburgo e o cemitério onde está sepultado Sir Adam Smith.

The Canongate Tolbooth 

edifício datado de 1591, que serviu de tribunal, prisão e local de reuniu, acolhendo atualmente The People’s Story Museum, o museu que conta a história do povo de Edimburgo.

Museum of Edinburgh

o museu que abriga uma coleção referente às origens, história e lendas da cidade.

O que fazer em EDIMBURGO

Porque Edimburgo tem muito mais para oferecer, mencionamos alguns outros eventos.
Em Abril decorre o Festival Internacional da Ciência.
E todos os anos, nas três últimas semanas de Agosto, realiza-se o Festival de Edimburgo, considerado o maior festival do mundo, onde em simultâneo, acontecem diferentes festivais temáticos com ópera, teatro, drama, comédia, música clássica, jazz e blues, dança, filmes, livros, ainda o Festival da Gente de Edimburgo e o Tatoo Militar no castelo de Edimburgo.

Edimburgo é de facto uma pérola.
Justamente uma cidade Património Mundial.

Pelo que, nunca é demais revê-la em O que ver O que fazer em EDIMBURGO New Town .

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: